alimentação saudável

Esse desequilíbrio do organismo pode afetar os hábitos alimentares

Por: Letícia Ferreira      Foto: Shutterstock.com

O horário de verão sempre nos pega um pouco desprevenidos. Nós sabemos que ele fará parte do nosso dia a dia, mas o organismo demora a se acostumar. Os 10 primeiros dias depois que o horário de verão entra em vigor são fundamentais para que a alimentação também acerte os ponteiros.

Esse desequilíbrio do organismo pode afetar os hábitos alimentares e influenciar nos resultados na balança.” Mesmo sem fome, é preciso manter os horários das principais refeições. Pode adiantar meia hora, não mais do que isso”, orienta Ana Luisa Vilela, especialista em emagrecimento e nutróloga de São Paulo.

O sono é o principal afetado pela mudança de horário, e um dos principais aliados do controle alimentar, consequentemente a produção natural de hormônios no corpo também sofre transformações.

Para driblar os efeitos do novo horário, abaixo temos algumas orientações para essa readaptação, segundo a médica Ana Luisa:

  • Consuma ainda mais líquidos para auxiliar na hidratação desses dias mais quentes;
  • Tente manter os horários das refeições na primeira semana mesmo sem fome, e então nos próximos dias o organismo já estará adaptado;
  • As carnes magras são sempre boas opções, principalmente à noite;
  • Aproveite o calor para consumir alimentos leves e in natura, como frutas, verduras e legumes;
  • Coma de três em três horas para evitar a fome excessiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here