Por Camilla Lóes

Fotos: Istockphoto.com

Hoje é o Dia das Crianças e nada melhor do que preparar aquela comida que eles tanto gostam, não é mesmo? Bem, você deve se preocupar, e muito, com a alimentação dos pequenos. Até os cinco anos de idade o número de crianças obesas ou acima do peso ultrapassa os 40 milhões.

Sim! Este número é extremamente alto.  Por isso é essencial para o desenvolvimento deles que vocês, como pais, observem aquilo que seus filhos estão consumindo.  Para tirar suas dúvidas, a nutricionista comportamental, Patrícia Cruz, respondeu as principais questões sobre o tema.

VAMOS CONFERIR?

Na hora da refeição…istock_000018835578_xxxlarge

É preciso ter horários definidos, concordam? “É essencial para a criança ter uma rotina saudável de sono. Portanto, dormir cedo e ter horários bem definidos de refeição”.

E as frutinhas?

Sabiam que as frutas consumidas com cascas possuem maior concentração de fibra? A recomendação é não retirá-las.

Refrigerantes e doces…

Para Patrícia o consumo de refrigerante não deve ser estimulado nunca. Já em relação aos doces, a nutricionista afirma que eles fazem parte de um hábito alimentar saudável. “Os doces podem ser consumidos quando as crianças começam a fase escolar”.

Leite de Soja x Leite de Vaca?

O leite de soja é indicado somente para crianças com alergia ao leite de vaca, pois ele é isento de cálcio. Este é o principal mineral que compõe a estrutura óssea e dentes em nosso organismo. Portanto, a especialista reforça que o leite de vaca é o mais indicado.

Frutos do mar…

Como esses alimentos têm elevado potencial alergênico, eles só podem ser introduzidos na alimentação infantil a partir dos dois anos de idade.

Dieta vegetariana…

Segundo Patrícia, se a dieta vegetariana for bem balanceada, com trocas saudáveis para evitar deficiências nutricionais como ferro, cálcio, vitamina B12 ela pode ser feita por crianças.

Alimentação no período escolar…

Segundo a nutricionista, a melhor forma de conciliar a alimentação com o período escolar é mantendo a famosa lancheira. Assim, os pais diminuem o consumo de compras na cantina da escola.

Perda do hábito saudável …

É muito comum que as crianças percam o hábito de uma alimentação saudável depois de um tempo e não necessariamente depois de muito tempo. Para a nutricionista, isso ocorre devido às mudanças hormonais, forma de preparo e o novo estilo de vida.

Negociações com a criança para comer, funciona? 

Não devemos negociar alimentos, isso é errado. “Criança tem a percepção de forma e saciedade bem claras. Trocar verdura, legumes ou fazer com que aquela termine o que está no prato por brinquedos ou mais tempo de TV não é certo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here