cuidados com a saúde

Saiba quais são os principais mitos sobre a dor mais frequente no mundo

Por: Letícia Ferreira      Foto: Shutterstock.com

Todo mundo já teve ou conhece alguém que passou pela temida: dor nas costas. Especialistas afirmam que 80% das pessoas vão sentir dor nas costas em algum momento da vida, que inclusive, a dor, é uma das reclamações mais comuns entre os brasileiros.

Como tudo na vida, existem mitos que foram criados sobre o surgimento da dor, atitudes a serem tomadas e tudo que a envolve. Pensando nisso, o Instituto RV identificou os quatro principais mitos sobre a dor nas costas, e aponta o que, de fato, pode ser feito:

“O melhor é repousar”

Se você quer que a dor vá embora, continue a sua rotina, e com isso, terá a reabilitação. Acamar-se, ficar em repouso ou evitar as atividades diárias, pode gerar mais dor e incapacidade ou apenas o alívio temporário. É importante lembrar que esse fato vale para a grande maioria dos casos, mas, em dúvida, a avaliação de um fisioterapeuta deve ser solicitada.

“Geralmente, é caso de cirurgia”

Menos de 5% dos problemas de coluna são realmente casos de cirurgia. A grande maioria, 95% dos casos, são tratáveis e recuperáveis somente com tratamento conservador (fisioterapia).

“Quanto maior a dor, maior o problema”

Quando falamos em coluna, pode acontecer de duas pessoas terem o mesmo problema e reagirem de forma diferente, portanto, nem sempre a dor é sinal de gravidade. Isso acontece porque diversos fatores individuais contribuem para a dor, como a origem real do problema, estímulos externos, ansiedade, medo, nível de resistência física, entre outros.

“Quem tem dor nas costas, sempre terá dor nas costas”

Os fatores para a dor nas costas variam entre indivíduos, mas a resolução do problema está em encontrar a real causa. “É preciso que o paciente passe por um bom processo de triagem, seja categorizado, e que se chegue à raiz do problema. A cura está no tratamento cada vez mais personalizado e individualizado, o que resolveria para um, não resolve para outro”, conta Rodrigo Garcia, diretor clínico do Instituto RV.

Com base nisso, o Instituto RV desenvolveu um tratamento exclusivo que tem como objetivo eliminar as dores nas costas e dar independência ao paciente no pós tratamento. A solução não cirúrgica tem por base três pilares: avaliação, tratamento e educação pós tratamento, e hoje já apresenta o índice de 90% dos pacientes recuperados.

O RCV, Reequilíbrio da Coluna Vertebral, restaura a função da coluna e alivia a dor nas costas, trazendo de volta aos pacientes a liberdade de movimento e uma melhor qualidade de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here