Texto: Tatiana Rudigher
Foto: Divulgação

Que mulher não gosta de um abraço? Pois é, essa terapia já se entrega pelo nome. Um abraço sincero faz qualquer ser humano sentir-se melhor.

Uma espécie de corrente internacional foi construída com o objetivo de espalhar abraços e, claro, um pouco de felicidade para a nossa vida, que nem sempre é fácil.

Os especialistas afirmam que se trata de uma técnica terapêutica impulsionada pelo contato físico, pelo toque. O objetivo pode ser curar um simples desânimo, como também fazer com que alguém que esteja com uma doença grave, sinta-se mais forte.

Além disso, enfatizam que os benefícios englobam o físico e a parte emocional, destacando que fenômenos físicos podem decorrer do ato de abraçar. Quando você abraça outra pessoa, com ternura, o corpo libera dopamina, endorfinas e oxitocina, químicos que impulsionam o bem-estar.

Existem vários tipos de abraço. Um dos mais famosos é o “abraço de urso”. Todos os modos dependem da criatividade e da boa intenção do praticante. Há posições corporais que desencadeiam fluxos de energia. Se, por exemplo, é feito com sentimento e amor verdadeiro, cria-se um momento especial. Abrace mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here