FANTASIAS SEXUAIS PODEM SER REVELADAS NO PRIMEIRO ENCONTRO?

0
Foto: (Shutterstock.com)

Por: Wandy Ribeiro

Sexóloga indica como agir em duas situações: quando encontro é apenas para sexo casual. Ou quando deve se transformar numa relação duradoura

A primeira noite de duas pessoas que estão se conhecendo é um momento sempre muito revelador. Entretanto, é comum que ambas as partes do casal sintam certos receios de como agir. Uma dúvida sempre muito frequente é se logo de cara é possível revelar seus desejos sexuais e expor ao parceiro suas fantasias. Até porque, outra dúvida que sempre aparece é se aquele momento será apenas por aquela noite.

No entanto, conforme explica a sexóloga Carla Cecarello, consultora do site C-date, o grande segredo é justamente perder a vergonha, até porque, se você acredita que aquela noite vai ser única, o ideal é relaxar e curtir o momento.  “Se a pessoa for contida ou tímida e não tiver atitude no encontro casual, não vai saber qual a resposta do parceiro”, afirma a especialista.

A profissional ainda explica que o sexo casual, até por ser um relacionamento sem compromisso, permite que as pessoas aproveitem esse momento sem tabus na hora de realizar desejos e fantasias. “A pessoa já deve ir para o encontro determinada”, reforça a sexóloga, afinal, até então, tudo leva a crer que não haverá uma segunda vez. “Se for esperar para sair com a pessoa e aí, lá no encontro, ver se vai ter uma abertura para realizar essa fantasia… acredite, muito provavelmente não vai rolar”, diz Carla.

Carla ainda reforça que sexo casual é ideal para os tímidos. “Se já vai para a cama, tem de incorporar a fantasia, realizar e pronto. Observe durante o sexo como o parceiro vai interagir, mas essa atitude de realizar a fantasia precisa partir da própria pessoa”, orienta a sexóloga do C-date.

Como é um encontro causal, de acordo com a especialista, não há nada com que se preocupar. “Ambos estarão dentro da mesma proposta: aproveitar o que tem hoje porque amanhã pode ser que a gente não se veja mais”, pontua.

Agora, se você acredita que aquele momento possa se transformar em uma relação duradoura, a dica de Carla já é outra. “Neste caso, partir para uma fantasia no primeiro dia pode incomodar a outra pessoa que ainda está chegando, já que a fantasia sexual é algo muito íntimo e pessoal. Pode dar a impressão de ser muito invasivo”, observa a sexóloga que indica que no primeiro encontro o casal busque se conhecer melhor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here