Vamos fortalecer e proteger o organismo com massagens

Por: Redação      Foto: Shutterstock.com

Diariamente o nosso organismo sofre com diversos fatores que desestabilizam a imunidade, seja: a má nutrição, falta de sono ou estresse. Em muitos casos, os efeitos sobre o nosso bem-estar são assustadores, prejudicando o sistema e nos enfraquecendo.

Além dos remédios prescritos por médicos, podemos encontrar fortes aliados no tratamento de doenças mentais e físicas: as massagens. “São práticas naturais com a capacidade de regular a função nervosa, aumentar a resistência corporal às doenças, melhorar a circulação sanguínea e tornar as articulações mais flexíveis”, explica Daniela Cruz, massoterapeuta do Espaço Kurma, espaço integrado de beleza e bem-estar, localizado em São Paulo.

Confira cinco massagens recomendadas pela profissional para turbinar sua imunidade:

Ayurvédica

É uma vigorosa massagem, de origem indiana, que estimula os músculos e a circulação, liberando as toxinas do organismo. Além de seu efeito terapêutico contra o estresse e ansiedade, propicia um realinhamento postural, alívio de tensões (por vezes crônica) no corpo físico e fortalece o sistema imunológico. É feita no solo e conta com movimentos de alongamento e deslizamento com toques profundos com as mãos, cotovelos e pés.

Contraindicações: Febres infecciosas, hemorragias, descalcificações graves (osteoporose severa), flebite, trombose, fraturas (antes de solidificadas), câncer, feridas abertas, gravidez, queimaduras recentes e doenças mentais graves (o doente mental pode ter uma crise e atacar o terapeuta).

Abhyanga – a massagem ayurvédica dos óleos vegetais

Trata-se de uma massagem profundamente relaxante, que atua no campo físico e energético, purificando o corpo e restabelecendo o bem-estar físico e mental.  A técnica utiliza óleo essencial aquecido, aplicado com movimentos suaves e ritmados. Age nos sistemas linfático (desintoxicando o organismo), circulatório (aumentando a produção de glóbulos brancos e a nutrição e oxigenação celular) e energético, desfazendo bloqueios emocionais.

Contraindicações: Febres infecciosas, hemorragias, descalcificações graves (osteoporose severa), flebite, trombose, fraturas (antes de solidificadas), câncer, feridas abertas, gravidez, queimaduras recentes e doenças mentais graves (o doente mental pode ter uma crise e atacar o terapeuta).

Champi

É uma terapia milenar da Índia e também faz parte da tradição Ayurvédica. A massagem Champi concentra os movimentos terapêuticos nas regiões que são mais vulneráveis ao estresse e acumulação das tensões (cabeça, pescoço e ombros) e o seu efeito sobre todo o organismo é imediato. Estimula a circulação sanguínea, favorecendo a oxigenação e nutrição das células. Produz um relaxamento profundo e imediato, reequilibrando as energias e trazendo um grande bem-estar.

Contraindicações: Pessoas em estados febris e pacientes com casos de trombose, tromboflebite, doenças infecciosas e quistos na região craniana.

Thai

A massagem Thai é uma arte milenar de cura praticada nos templos budistas da Tailândia. Utiliza-se de técnicas de compressões e alavancas realizadas com pés, joelhos, mãos, antebraços e cotovelos. A respiração torna-se uma ferramenta essencial para harmonizar o ritmo e os movimentos do terapeuta-cliente, utilizando as expirações para ampliar gradativamente a elasticidade e flexibilidade do cliente.

O ritmo provoca um relaxamento intenso, operando diretamente sobre o sistema nervoso. A técnica contribui para a desobstrução de bloqueios energéticos, liberação do fluxo sanguíneo e aprofundamento da respiração, despertando assim o trabalho do curador interno.

Contraindicações: Febres infecciosas, hemorragias, descalcificações graves (osteoporose severa), flebite, trombose, fraturas (antes de solidificadas), câncer, feridas abertas, queimaduras recentes e doenças mentais graves (o doente mental pode ter uma crise e atacar o terapeuta).

Terapêutica

Alívio de stress, aumento da circulação, melhora na postura e flexibilidade, relaxamento dos músculos e mente, reabilitação de lesões e limpeza das toxinas corporais. Ufa! Definitivamente, a massagem terapêutica é uma das melhores coisas que você pode fazer para a sua saúde. A técnica consiste em aplicar diversas técnicas combinadas para proporcionar bem estar e relaxamento completos. O toque promove efeitos que desencadeiam funções estimulantes, influenciando os estados fisiológicos, psicológicos e físicos do organismo.

Contraindicações: Febres infecciosas, hemorragias, descalcificações graves (osteoporose severa), flebite, trombose, fraturas (antes de solidificadas), câncer, feridas abertas, gravidez, queimaduras recentes e doenças mentais graves (o doente mental pode ter uma crise e atacar o terapeuta).

O Espaço Kurma ressalta que sessões de massagem não substituem consultas regulares ao médico.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA