SAIBA QUAIS SÃO OS 10 VILÕES QUE PODEM DESTRUIR O SEU RELACIONAMENTO

Foto: (Shutterstock.com)

Descubra dicas valiosas para melhorar a sua relação e entenda como evitar os problemas com o love

Será que existe uma cartilha de relacionamentos? A bem da verdade é que relações humanas é algo muito complexo. No entanto, existem sim algumas dicas que podem colocadas em prática no cotidiano, que, certamente, vão tornar sua rotina com o parceiro mais agradável. Mas afinal, qual seria esse manual que pode ajudar na relação de tantos casais ?

Segundo a Terapeuta Emocional para Mulheres e criadora do PAR – Programa Amarildas de Relacionamentos, Camilla Couto, existem 10 principais vilões que podem acabar com um relacionamento. A especialista ainda enumerou um por um para que você possa entender melhor os impactados de cada um deles no dia a dia com o seu love.

Confira abaixo as dicas:

  • Carência – A carência parte do princípio de que estar sozinha é ruim. “Isso faz aumentar as chances de erro já na escolha do parceiro, faz aceitar menos do que merecemos e impede de terminar relacionamentos por medo de ficar novamente só”.
  • Perda da individualidade – Uma das piores formas de estar em um relacionamento é deixar de respeitar nossas vontades, desejos e opiniões para agradar o outro. “Anular-se só traz prejuízos, pois acostumamos o outro a ser o guia da relação e perdemos o rumo”.
  • Ciúme – Sentir ciúme indica que o verdadeiro amor ainda não aconteceu, pois onde há medo, não há espaço para o amor. “Amar implica confiança total”.
  • Orgulho – O orgulho esconde nossas sombras e impede a verdade de um relacionamento. “Quando eliminamos essa barreira, damos espaço para que o outro faça o mesmo e trilhamos o caminho para a verdadeira intimidade”.
  • Inveja – Onde há comparação e competição, a inveja fatalmente aparece. “Quando somos invejosas, deixamos de participar do sucesso e da felicidade do outro e impedimos que uma real parceria aconteça”.
  • Falta de auto responsabilidade – Temos sempre 50% de responsabilidade pelo sucesso de uma relação. “Quando nos eximimos da nossa parcela de responsabilidade, passamos a nos vitimizar e a culpar o outro por tudo, e não há nada mais tóxico”.
  • Idealização – Ter sonhos é o que nos move, mas idealizar relacionamentos e pessoas é a receita certa para a frustração e a decepção. “Esperar demais do outro faz com que estejamos sempre insatisfeitas”.
  • Dependência – Achar que não se pode ser feliz sem o outro é o maior erro das relações. “A dependência destrói o amor e provoca um caos no dia a dia, pois faz com que ajamos de forma controladora, carente e sentimental em excesso”.
  • Apego ao passado –  Quem continua remoendo traumas de relacionamentos já começa uma jornada fadada a falhar. “O ideal é nos propormos a aceitar o fluxo da vida e acolher as situações e pessoas de forma neutra, para viver novas histórias”.
  • Egoísmo – Quando o nosso lado “criança mimada” está ativo, acabamos impondo nossa vontade sem pensar no que é bom para o outro. “Oscar Wilde dizia que o egoísmo não é vivermos de acordo com nossos desejos, mas exigir que o outro viva”.

Vale ressaltar que, cada um desses “fantasmas” podem ser extremamente nocivos e até causar danos irreparáveis a um relacionamento. No entanto, a terapeuta afirma que qualquer pessoa é apta a mudar e se adaptar, basta ter capacidade de reconhecer caso seja preciso. “Todos nós somos plenamente capazes de estar por inteiro em uma relação, de abrir nossos corações para o novo e de compreender que às vezes há algo que precisamos urgentemente mudar e melhorar em nós mesmos”, explica.

Veja Também

DEIXE UMA RESPOSTA