Por Camilla Lóes

Fotos: Divulgação

O nome Outubro Rosa remete à cor do laço que é símbolo desta campanha mundialmente conhecida. Essa luta incentiva mulheres e toda população, empresas e entidades a se atentarem ao máximo o câncer de mama. O movimento começou nos Estados Unidos e tinha por objetivo ações que levassem as mulheres ao exame de mamografia.

O laço rosa surgiu quando realizaram a primeira corrida pela cura, na cidade de Nova York, em 1990. Em 1997, nos Estados Unidos, já começaram as comemorações e procura de ações voltadas a prevenção do câncer, isso tudo no mês de outubro. Por isso, até hoje, todas se-cuideas ações voltadas para a conscientização e prevenção da população acontecem neste mês, e são cheias de laços rosas e iluminações em prédios e monumentos públicos.

FIQUE LIGADA!

O câncer de mama é uma doença que atinge os lóbulos e ductos mamários. O surgimento do tumor maligno é muito comum em mulheres, e essa doença é a que mais leva as brasileiras à morte, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA). A entidade revela que o Brasil terá cerca de 580 mil casos novos de câncer por ano, sendo 57.120 tumores de mama.

Normalmente atinge mulheres acima dos 40 anos de idade, sendo raro antes dos 35. A sua incidência é rápida e progressiva, mas é importante saber que nem todos os cânceres são malignos, mas os casos benignos são menores. Aparecem em forma de caroços ou nódulos e é necessário que as mulheres busquem orientações médicas com urgência.

Se o nódulo for menor que um centímetro, as chances de cura são maiores. Por isso não deixe de visitar o seu médico com regularidade, e faça a mamografia.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here