MÉDICA ALERTA SOBRE OS CUIDADOS COM DSTs NO CARNAVAL

0
Foto: (Por Kleber Cordeiro/ Shutterstock.com)

Carnaval é época em que o desejo sexual fica mais aflorado. E, ainda mais, que muita gente acaba exagerando um pouco nas bebidas alcoólicas. Por isso, é importante atenção com a proliferação das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) durante a folia.

De acordo com a ginecologista Dra. Erica Mantelli, muitas pessoas ficam mais vulneráveis nesta época do ano e acabam não pensando nas consequências de uma relação sexual sem proteção. “Muitas vezes, o próprio portador desconhece que tem a doença e acaba contaminando as outras. Temos que colocar na cabeça que não podemos enxergar quem tem alguma disfunção somente pelo rosto”, alerta.

A especialista explica que cada DST conta com um quadro clínico diferente. Algumas têm tratamentos, enquanto outras ainda não encontraram a cura. Dentre as mais conhecidas estão: AIDS, gonorreia, sífilis e herpes. “Destas quatro, a AIDS é a única que não tem cura. No entanto, apesar das outras DSTs serem tratadas, se estiverem num quadro avançado, isso pode provocar problemas mais sérios. ”, ressalta a ginecologista.  

A médica finaliza orientando que a principal maneira de se evitar as DSTs é o uso de preservativos. “Independentemente do parceiro (a) afirmar que não está infectado, a utilização de camisinha é indispensável principalmente nesta época do ano. É importante também realizar exames periódicos com o objetivo de assegurar que não foi contaminado, afinal, não é de imediato que os sintomas das doenças aparecem. ”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here