Sushis, sashimis, temakis… a comida japonesa cai, cada vez mais, no gosto dos brasileiros e é uma ótima opção para o verão por conter alimentos leves e frescos. Porém, muito do que é dito sobre esta culinária não é verdadeiro. Eis alguns mitos e verdades sobre os pratos japoneses:

  • Comida japonesa não engorda: provavelmente, o maior mito de todos. Alguns dos alimentos são, de fato, pouco calóricos, mas exageros podem acarretar no ganho de peso (assim como qualquer outro alimento). Além disso, muitos alimentos são fritos ou com massa (como o tempurá e o yakissoba);
  • Combate o envelhecimento: verdade. Muitos dos peixes usados na culinária japonesa são ricos em ômega 3, substância que auxilia na diminuição dos níveis de triglicerídeos e colesterol ruim (LDL) e aumenta o positivo (HDL) – além de ajudar a combater problemas ósseos e cardiovasculares;
  • Molho shoyu faz mal: verdade. Feito a partir da soja fermentada com cevada e sal, o produto possui um alto teor de sódio – uma colher de sopa praticamente equivale à quantidade para um adulto em uma refeição. Para consumir sem prejudicar a saúde, o ideal é misturar um pouco de água (para que fique menos concentrado) ou optar pela opção light, com 35% a menos de sódio;
  • Dieta baseada apenas em sushi e sashimi faz bem à saúde: mito. Assim como qualquer outro tipo de alimento, estes não devem ser os únicos pratos de uma dieta. Neste tipo de comida há quantidades pequenas de ferro, ou seja, o ideal é consumi-los dentro de uma dieta balanceada;
  • Wasabi ajuda na digestão: verdade. Além de combinar perfeitamente com peixes crus, a pasta verde ajuda no processo digestivo e é altamente bactericida. Rico em potássio, cálcio, magnésio, fósforo, óleos voláteis (como o óleo de mostarda), oferece benefícios à saúde por conter propriedades antibióticas. Porém, tome cuidado: o wasabi é extremamente forte e picante, então, caso não tenha afinidade com este tipo de alimento, não abuse na quantidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here