Histórias de mulheres que se reinventaram após os 40 anos são muitas e devem ser sempre reverenciadas. Mas quando essa mudança acontece para ajudar outras pessoas, especialmente crianças e adolescentes, essa trajetória ganha contornos ainda mais incríveis. E essa é a história de vida da atriz Lara Cardoso. Ex-professora e profissional de RH em ascensão dentro de grandes empresas, ela resolveu largar tudo para investir em um ano sabático e se dedicar à família. Mas depois de um tempo longe do trabalho e de pensar muito sobre o que gostaria, de fato, de fazer profissionalmente, percebeu que queria realizar um sonho antigo: se tornar atriz.

E assim nasceu Helô Heloilda, uma personagem leve, cheia de graça e tiradas que, em tom de comédia, mostram como é o dia a dia das mulheres que trabalham em casas de família, especialmente as com crianças. Natural de Americana, em São Paulo, Lara usa a personagem, que caiu nas graças da garotada, para levantar temas importantes que, muitas vezes, nem mesmo os pais sabem como abordar com os filhos.

Saiba mais sobre a personagem Helô Heloilda em matéria completa no site da Zoom Magazine.

“A ideia era fazer uma personagem leve, cômica e que contasse situações rotineiras de forma engraçada”. E assim nasceu a Helô Heloilda, uma diarista que tem muita personalidade, pouca papa na língua e muita experiência para compartilhar”, comenta Lara. “Ela é uma mulher do povo, que conversa com todos, atrevida, mas que não perde o respeito e tem uma certa inocência. E é nesse universo mais simples, de gente que vive o dia a dia sem fantasias ou glamourização, que estão as melhores histórias.

Depois de chegar à conclusão sobre como seria o perfil da personagem, a atriz pensou em como poderia inserir Helô no dia a dia das pessoas. Assim, após os primeiros programas prontos e o canal já no ar no Youtube – gratuito e democrático, a plataforma é perfeita para quem busca uma divulgação ampla, além do Instagram, onde acontece a interação da personagem com o público -, veio a melhor notícia que Lara poderia imaginar: a personagem, cheia de bordões e com jeito simples de falar, caiu no gosto das crianças. “Eu falo sobre respeito às diferenças, proteção e cuidados com os animais, alimentação saudável e outros assuntos. E comecei a convidar crianças a participarem dos episódios, interagindo com a Helô, inclusive cozinhando junto”, exemplifica.

E mais: com a repercussão positiva entre os pequenos e o conteúdo educativo de alguns episódios, Lara começou a ser convidada por escolas para apresentar palestras sobre diversos assuntos, como comportamento, valores importantes e até desenvolvimento acadêmico rumo ao futuro profissional, sempre de uma forma divertida, mas com seriedade. “A gente sabe que crianças e adolescentes assimilam melhor um conteúdo quando encontram alguma afinidade com o interlocutor. E como a personagem tem proximidade com esse público, criei um projeto educativo, em que começo o papo caracterizada como a Helô e depois vou virando a Lara”, conta. E complementa: “Ao ‘desenhar’ como vou abordar os assuntos em cada palestra, penso de duas formas: como mãe, sempre buscando assuntos que possam agregar algo à vida de quem me assiste; e como professora, ensinando e mostrando novos caminhos além da sala de aula”.