Antes ou após as chuvas, saiba como não danificar os calçados

Com esse tempo maluco, que uma hora está sol e na outra vem a chuva, as vezes, somos pegas desprevenidas, e o importante saber enfrentar as chuvas sem chulé e desconforto!

Com ou sem guarda-chuva, os pés estão sempre desprotegidos nessas horas. Se não estamos com sapatos apropriados, acontece um certo desconforto após a chuva, também. A especialista e pioneira em comfort shoes no Brasil com a loja Perere, Patricia Guedes, explica que nem tudo está perdido. “É possível tomar medidas práticas e fáceis para recuperar o conforto dos calçados encharcados”, acrescenta.

Patricia disponibilizou dicas simples e importantes para manter os seus sapatos confortáveis:

– Longe do sol – jamais coloque o calçado sob o sol para secar, os raios solares ressecam o couro e o tecido, podendo danificá-lo ainda mais e torna-lo desconfortável. O ideal é deixa-lo em local arejado e seco;

-Secador nunca – aquecer o calçado com secador de cabelo ou na secadora também danifica os materiais como couro, tecido e costuras, além de favorecer que o solado se descole;

– Palmilha e cadarços – conforme o modelo, retirar os cadarços e a palmilha interna para secarem separadamente;

– Ajuda extra – caso o sapato seja de couro, colocar jornal dentro para que ele absorva toda a umidade, mesmo sendo calçado aberto. A dica é trocar o papel de tempos em tempos até que o sapato seque completamente;

– Tipos de couro – depois de seco, o calçado sendo em couro liso precisa de hidratante específico, encontrado em sapatarias e lojas de calçados, ou cera de abelha, vendida em locais que fornecem produtos para animais. Para alguns tipos de couro, passar um pouco de vaselina e deixar por 24 horas, retirando no dia seguinte com um pano seco;

– Mau cheiro – para evitar odor é necessário deixar o calçado ventilando, jamais guardar molhado ou úmido e, caso tenha ficado com algum cheirinho desagradável, algumas medidas caseiras podem ajudar. Uma delas é deixar o sapato descansando e arejando por algumas horas com cascas de frutas cítricas dentro. Pode ser de laranja ou de limão, por exemplo;

– Não esfregar – se o sapato for de camurça, esperar secar bem e, somente depois, passar uma escova suavemente;

– Manchas – depois de secar bem, fica mais fácil remover manchas com uma flanela. A graxa incolor para lustrar também pode ser uma solução, dependendo da cor do calçado;

– Evitar mofo – o sapato de couro, material sintético, tecido ou camurça guardado molhado, pode apresentar alguns sinais de mofo. Se isso acontecer, a dica é umedecer um pano com vinagre branco e passar delicadamente sobre a mancha de mofo (não sobre todo o sapato) e deixar secar na sombra, naturalmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here