Como cuidar dos cabelos e elevar ainda mais sua autoestima

0
Cabelos autoestima

Os cabelos são, sem dúvidas, um fator importante no visual e na autoestima das pessoas. Ter um cabelo de atriz de cinema é o sonho de muitas. Porém, não são todas que têm esse privilégio, por diferentes motivos. O cabelo tem problemas para crescer, ou por conta de alguma doença ou mesmo por questões financeiras.

Essas realidades mexem diretamente com a autoestima. E então, como fazer para manter nossos cabelos exuberantes e nosso sorriso cada vez mais em alta? Para cada dificuldade, há sempre uma solução. Algumas delas são comentadas pela especialista Pati Macedo, consultada pela Revista Bem Mulher.

Pati explica: “há mulheres muito bem resolvidas, mas existem aquelas que sofrem por conta dos fios curtos. Nesses casos, elas apostam em um bom corte curto, uma boa coloração. Algumas preferem também um cabelo tingido, experimentando novas e fascinantes cores, para poder manter a autoestima mais elevada”.

Outra alternativa é o mega hair.  Porém, para que o resultado pretendido seja alcançado, a especialista comenta que é necessário muito cuidado na escolha certa do modelo a ser aplicado. “O megahair eleva a autoestima, devolve beleza e deixa a mulher mais poderosa. Para cada tipo de cabelo, existe uma megahair indicado e também uma técnica exclusiva. Os fios do mega têm que ser próximos aos fios da cliente. Não podemos colocar um fio grosso em alguém que tem cabelos lisos e finos, por exemplo”, diz Pati Macedo.

Queda de cabelo

Outra preocupação é com a queda dos cabelos, algo que aflige muitas mulheres. Mas, calma, que isso também tem solução!

Existe um ciclo natural dos fios, no qual eles nascem, crescem, se estabilizam e depois caem. “A queda de cabelo é um processo natural. Todos os dias caem cerca de 100 fios em cada pessoa. Na hora do banho, penteando ou secando. O problema é que, às vezes, eles podem estar caindo demais e indicando algum problema mais severo”, declara Pati Macedo.

A especialista deixa uma lista de fatores que podem estimular a queda acentuada dos cabelos. São eles:

– estresse; – fumo; – uso frequente de chapéus e bonés (que superaquecem o couro cabeludo); – químicas frequentes; – parto; – dietas restritivas; – alterações hormonais; – alguns medicamentos; – hemorragias.

Por fim, ela comenta a respeito do produto indicado para cada tipo de cabelo: “a especificidade do produto é fundamental. Você precisa comprar um produto apropriado para suas necessidades. As empresas de cosméticos descrevem no rótulo a indicação e o tipo para cada cabelo. Se for um cabelo oleoso, por exemplo, não se usar produtos à base de óleo, que são muito comuns. Já se for um cabelo seco, usar um shampoo com menos detergente. E por aí vai. Faz diferença. E isso tudo está no rótulo dos produtos”.