5 dicas para empreender com sucesso após os 50 anos

0
empreender após os 50 anos
Foto: Shuttertsock

Há dez anos, a grande maioria das pessoas na faixa dos 50 anos estava se aposentando ou começando a planejar sua retirada do mercado de trabalho. Hoje, o cenário mudou radicalmente. Segundo projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população entre 50 e 54 anos, formada hoje por mais de 12,3 milhões de brasileiros que caminham para a maturidade, desejam continuar no mercado de trabalho; muitos deles, como empreendedores.

“Essas pessoas continuam ativas, produzindo. E, aos 50 anos, encontram-se no auge da sua capacidade intelectual, emocional, relacional, social e, consequentemente, produtiva. São indivíduos que enxergam a aposentadoria como algo muito distante da realidade deles”, explica Ismael Rocha, mestre em sociologia e consultor de negócios, sócio-diretor da Nextt 49+, primeiro hub de inovação do Brasil para empreendedores acima dos 50 anos.

Confira, a seguir, as estratégias do consultor da Nextt 49+ para quem deseja empreender com sucesso após os 50 anos:

  • Acredite nas oportunidades alinhadas com seu perfil. O mercado apresenta inúmeras ofertas para quem deseja empreender. É preciso, porém, estar preparado para aproveitá-las. Por isso, antes de mergulhar em um negócio, é necessário fazer uma autoanálise do seu perfil e competências. “Lembre-se: ter afinidade com a área já é um grande ganho”, explica Ismael Rocha.
  • Negócios de impacto social são tendência para futuro. “Antes de iniciar a sua jornada empreendedora, é importante estudar o mercado onde se deseja atuar”, diz Rocha. “E vale também apostar em algo que melhore e cause impacto na vida das pessoas, segmentos bastantes promissores”, conclui ele.
  • Busque ajuda. Profissionais mais experientes tendem a ser mais auto-confiantes, porém, isso pode ser uma armadilha. É importante consultar especialistas para conseguir orientações sobre a viabilidade do seu projeto e dispôr de um plano de negócios, antes de dar o start no projeto. “Por fim, elabore quais serão os diferenciais e avalie os riscos”, alerta o consultor.
  • Invista em capacitação. No atual mundo do trabalho e dos negócios, sempre haverá algo novo para se aprender. É preciso sair da zona de conforto e buscar conhecimento. Muitos dos empreendedores acima dos 50 anos passaram boa parte de suas vidas como funcionários de empresas; muitas vezes, como especialistas em determinada atividade. “Ser dono de empresa, por sua vez, exige colocar em prática várias competências ao mesmo tempo. Buscar o aperfeiçoamento nas várias áreas que sentir necessidade é o caminho para superar com mais facilidade os desafios”, explica.
  • Construa uma visão de futuro. O mundo muda a uma velocidade nunca vista. Podemos dizer que o que vale hoje, não valerá amanhã. “Então, vale construir uma visão de futuro, identificando quais variáveis compõem o seu universo e como você está situado nele”, diz Rocha. “Lembre-se: o empreendedor de sucesso tem visão de longo prazo e diariamente encontra chances de inovar”, completa ele.
empreender após os 50 anos
Foto: Shuttertsock